Buscar
  • +Arroz

Conclusões do Grupo Focal do Ribatejo e do Sado realizados no 1º trimestre de 2020



No início do ano de 2020, antes da pandemia se instalar o Grupo operacional GO+Arroz – sustentabilidade do agro-ecossistema arrozal nacional – realizou um grupo focal no Ribatejo e outro no Sado, com o objetivo de compreender quais as perceções dos agricultores das duas regiões face à problemática do difícil controlo das infestantes e à questão da resistência aos herbicidas em cada região, que estratégias (programas de herbicidas, práticas culturais) são utilizadas para minimizar esta problemática e que resultados têm sido obtidos, compreender e avaliar se as estratégias de rotação de culturas e falsa sementeira têm um efeito positivo na problemática das infestantes e que resultados é que os orizicultores e técnicos esperam ver sair deste Grupo operacional.


O Grupo focal do Mondego já tinha sido realizado anteriormente completando assim a avaliação destas perceções nas 3 principais regiões orizícolas do país que apresentam diferentes realidades. “


(conclusões do Grupo Focal Sado)


(conclusões do Grupo Focal Ribatejo)




10 visualizações
PROJETO COFINANCIADO POR:
PDR_PT2020_FEADER (3).png